Divertimento > Anedotas

 
Samora Machel

Samora Machel, homem muito dedicado à ciência, decide fazer a seguinte experiência: pegou numa rã, cortou-lhe uma das patas e disse-lhe:
- Rã, salta!
E a rã saltou. Resultado da experiência: "Rã com três patas salta!"
Cortou mais uma das patas à rã e disse:
- Rã, salta!
E a rã saltou. Resultado da experiência: "Rã com duas patas salta!"
Cortou mais uma pata à rã e disse:
- Rã, salta!
E a rã saltou. Resultado da experiência: "Rã com uma pata salta!"
Cortou a última pata à rã e disse:
- Rã, salta! - e nada. - Rã, salta! - e nada.
Resultado da experiência: "Rã sem patas é surda!"

Samora Machel, vem visitar Portugal. No avião estava muito calor e diz então o Samora para o Mário Soares:
- Ó Mário! Português ser mesmo burro!
- Então porquê? - diz o Mário.
- Então com um calor destes metem as ventoinhas do lado de fora!

Samora Machel vai tranquilamente lendo o jornal, sentado no avião. Há alvoroço a bordo e o vizinho diz-lhe aflito:
- Há fogo a bordo!
O outro continua lendo as notícias impávido e sereno.
- Oiça, ó amigo! É surdo, ou quê? Já lhe disse que há fogo a bordo!
Este desvia os olhos do jornal e responde, aborrecido:
- Quero lá saber! O avião não é meu!

Porque é que o carro do Samora Machel está cheio de buracos?
- Porque foi pintado à pistola.

Porque é que a casa de Samora Machel é redonda?
- Para que os criados não mijem nos cantos.

De quantos criados precisa Samora Machel para pintar a casa?
- Mil e um. Um para segurar o pincel e mil para abanar a casa.